Resenha Nacional

Resenha - O Alquimista - Paulo Coelho

quarta-feira, janeiro 07, 2015




 Preços deste Livro Aqui

Adicione o Livro Skoob

 

Sinopse


 De tempos em tempos, surge um livro capaz de mudar para sempre a vida de seus leitores. O Alquimista é um deles.

Com mais de 45 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, o mais famoso título de Paulo Coelho já se estabeleceu como um clássico moderno, atemporal e universal. Quase 25 anos após seu lançamento, segue fascinando públicos cada vez maiores, de diferentes gerações.

Simples, sábia e inspiradora, esta história refaz os passos de um pastor da Andaluzia que viaja para o deserto egípcio em busca de um tesouro enterrado nas Pirâmides.

O que começa como uma jornada para encontrar bens materiais torna-se uma descoberta das riquezas que escondemos dentro de nós mesmos.As belas lições que Santiago aprende ao longo do caminho nos falam da sabedoria de ouvir o que diz o coração, de ler os sinais com que deparamos ao longo da vida e, acima de tudo, de seguir os nossos sonhos.


Resenha


Esse é o primeiro livro de Paulo Coelho que tenho contato, Paulo é um autor que divide opiniões e tem três tipos de leitores: os que leram e amaram, os que leram e odiaram e os que tem medo de ler, rsrs. O Alquimista conta a história de um jovem pastor de ovelhas que vai em busca de um tesouro perdido, no caminho ele acaba tendo muitas surpresas boas e ruins. Eu não penso em me estender muito nessa resenha porque acredito que é um livro que você deve ler e  tirar suas próprias conclusões. É um livro de reflexões e mesmo que você não tenha a intenção de se aprofundar nele não tem como ler e não se identificar com atitudes descritas na história. 



 Eu diria que esse livro não é indicado para se ler em qualquer momento, porque não é bom? — Ao contrário, acredito que a maioria dos leitores no decorrer do tempo inevitavelmente cria um perfil literário e tende a preferir um gênero ou outro, por exemplo romance. O livro tem romance? — Sim o livro tem romance! Porém não é o romance que você está acostumando, com brigas, reconciliações, intrigas, vilões querendo destruir o relacionamento dos mocinho, o romance encontrado em O Alquimista não é assim, aqui o romance não é o foco principal da história, ele fica em segundo plano, porém com uma mensagem muito bonita de que o amor não é prisioneiro, o amor também entra na história o tempo todo na verdade, porém não unicamente o amor entre homem e mulher e sim o amor em geral,o amor que transforma que faz sentir vivo, o amor que é um motivo e não uma razão, o amor livre. O livro tem ação, aventura? — Sim o livro tem! Porém também não é como você imagina, por exemplo o livro conta a história de um pastor de ovelhas que vai em busca de um tesouro no deserto, até chegar ao seu tesouro o jovem passa por muitas coisas e se cria uma premissa cheia de expectativas em relação a sua trajetória até chegar ao tesouro perdido, e sim tem mesmo muitas aventuras, o jovem é assaltado, conhece guerreiros e generais de exércitos, o livro coloca o jovem entre uma guerra de clãs, guerreiros com espadas também aparecem na história, com tudo que disse você deve imaginar: nossa que aventura, cheio de ação, vou gostar desse livro. Aí está o porém da coisa, tem tudo isso mais de forma a levar o leitor a reflexão e isso acontece diante da atitudes tomadas pelo jovem protagonista, e você por criar uma expectativa e esperar todos esses desfechos de ação e aventura pode se decepcionar. 


Acredito que muitos que começam a ler as histórias do Paulo já vão com certas expectativas e podem ou surpreende - se positivamente ou simplesmente se decepcionarem tanto a ponto de não lerem mais nada do autor. Na minha experiência eu não criei expectativas e estava pronta para surpresas e acho que isso me deixou mais aberta ao livro e as mensagens que ele transmitiu, li mais por curiosidade de entender o que o livro tem e o motivo de tantas pessoas falarem tão bem. 


 Outra coisa que me agradou muito no livro foi a disposição dos capítulos curtos o que possibilitou uma rápida leitura, apesar disso o texto não deixou de ser envolvente e intenso em nenhum momento. Gostei muito do livro e recomendo, faça a leitura  em um momento que você esteja aberto a algo novo, a surpreender - se e a ter uma ótica diferente do comportamento humano e da vida, acho que desta maneira você terá mais chances de gostar mais da estória.



 Trechos Do Livro

 (Foram muitos, pois gostei de quase todas as passagens dele, rssrs) 



"No presente é que está o segredo; se você prestar atenção ao presente, poderá melhorá - lo. E se melhorar o presente, o que acontecerá depois também será melhor. Esqueça o futuro e viva cada dia de sua vida nos ensinamentos da Lei e na confiança de que Deus cuida dos seus filhos. Casa dia traz em si a eternidade."


"— Quando se quer uma coisa, todo o Universo conspira para que a pessoa consiga realizar seu sonho. "


 " Uma busca começa sempre com a Sorte de Principiante. E termina sempre com a Prova do Conquistador. "


"— Para que tanto dinheiro?
—Para chegar ao Egito.
— Que são essas coisas?
— É a pedra filosofal e o elixir da longa vida.Quem tomar o elixir jamais ficará doente, e uma lasca desta pedra transforma qualquer metal em ouro.
Os guardas riram — Você está louco? — Para que você fez isso?
— Para mostrar a você uma simples lei do mundo — respondeu o Alquimista. — Quando temos grandes tesouros diante de nós, nunca percebemos. E sabe porquê? Porque os homens não acreditam em tesouros."


"Entretanto não se preocupe. Geralmente a morte faz com que as pessoas fiquem mais sensíveis à vida."


"Só aceitamos uma verdade, quando primeiro a negamos do fundo da nossa alma."
" E o rapaz mergulhou na Alma do Mundo, e viu que a Alma do Mundo era parte da Alma de Deus, e viu que a Alma de Deus era a sua própria alma."


" —Estou recebendo uma pagamento além da minha generosidade— respondeu o monge... Jamais repita isso. A vida pode escutar e lhe dar menos da próxima vez."


"— Tudo que acontece uma vez, pode nunca mais acontecer. Mas tudo o que acontece duas vezes, acontecerá certamente uma terceira."


" Só sentimos medo de perder aquilo que temos, seja nossa vida, sejam as nossas plantações. Mas esse medo passa quando entendemos que nossa história e a história do mundo foram escritas pela mesma mão."


"—Escute seu coração. Ele conhece todas as coisas, porque veio da Alma do Mundo e um dia retornará para ela."


"Sou como todas as pessoas: vejo o mundo da mesma maneira que desejava que as coisas acontecessem, e não da maneira que as coisas acontecem."


"Quando vemos sempre as mesmas pessoas, terminamos fazendo com que elas se tornem parte de nossa vida. Se a gente não for como elas esperam, ficam chateadas. Porque todas as pessoas tem uma noção exata de como devemos viver nossa vida. E nunca tem noção de como viver a própria vida."


"Quando vemos sempre as mesmas pessoas, terminamos fazendo com que elas se tornem parte de nossa vida. Se a gente não for como elas esperam, ficam chateadas. Porque todas as pessoas tem uma noção exata de como devemos viver nossa vida. E nunca tem noção de como viver a própria vida."












Postagens Relacionadas

0 comentários

Obrigado por comentar no blog!
Volte sempre!

Facebook

Google Plus

Novidades Por E-mail

Arquivo do blog