Ana Lemos

Resenha — Sempre foi Você (Trilogia Amores Traçados - Livro 01) — Ana Lemos

quarta-feira, abril 06, 2016

Livro: Sempre foi Você (Trilogia Amores Traçados - Livro 01)
Autor: Ana Lemos
Editora: Novo Século - Ed. 01
Páginas: 264 - Ano:  2014
Gênero: Romance
Skoob: Adicione na estante
Nota: 2/5 ♥


Sinopse: Quando a brasileira Lucy Somel passou a morar em Nova York ela tinha apenas uma meta: concluir a faculdade de Direito e trabalhar ao lado de sua grande amiga, Anna. O amor parece não caber em seu projeto de vida, considerando os poucos, breves e decepcionantes relacionamentos. No entanto, esta linda e inteligente mulher será surpreendida por uma forcinha do destino ao conhecer seu orientador para o trabalho de conclusão do curso. Marco Salvatore é uma lenda dos Tribunais, talento que lhe garantiu a fama de ser um dos melhores advogados da cidade, porém, relacionamentos amorosos também não estão em seus planos. O desejo entre os dois é imediato, mas será o suficiente para fazer Marco mudar de ideia e iniciar um relacionamento duradouro? Ou fazer Lucy acreditar que pode viver um grande amor?


RESENHA

Lucy, tem 16 anos anos quanto conhece Anna, que veio dos Estados Unidos viver no Brasil com sua família. Elas ficam muito amigas e Lucy fica encarregada de lhe ajudar com as matérias e Anna lhe ajuda com inglês. Ambas passam a viver muito tempo juntas, e Lucy passa a fazer parte da família de Anna, pois vivem uma na casa da outra, Lucy sente-se muito bem no ambiente harmonioso e familiar que existe na casa de Anna, já que não tem isso em sua casa, seus pais se separaram de um jeito complicado, e o pai de Lucy a abandou junto com sua mãe, simplesmente sumiu no mundo. Quando tudo parece perfeito a mãe de Anna fica grávida e sua família volta para os Estados Unidos, Lucy acaba indo junto para terminar seus estudos. 

Alguns anos passam e, Lucy, torna-se uma linda mulher que está prestes a se formar em direito. No último ano do curso, Lucy é encaminhada para um tutor para auxilia-lá na conclusão de seu TCC, ela imagina que ele seja um homem mais "velho".  Diz a lenda que o homem é um monstro nos tribunais, mas o que ela menos esperava era se deparar com um Gideon Cross em sua frente. 

Lucy será a pupila de Marco, ele não é arrogante ou o típico cara mandão, ao contrário, é muito divertido, simpático e a trata muito bem. Sua agenda é muito cheia e ela deverá acompanhá-lo em todos os seus compromissos profissionais para que assim possa estar completamente habituada com os procedimentos jurídicos.


Marco tenta a todo custo manter sua postura profissional, mas já não aguentando, acaba sedendo aos seus impulsos e em sua sala beija Lucy. Ambos desnorteados com a situação em que se viram, afastaram-se por uns dias, Marco saiu da cidade sem dar qualquer explicação e Lucy, sentiu-se mal pela reação. Em meio a situação complicada, Lucy, recebe a notícia que sua mãe está no hospital após sofrer um AVC. Imediatamente ela embarca para o Brasil para ficar ao lado da mãe, antes de sair dos Estados Unidos ela não avisa Marcos, pediu para Anna fazer isso por ela. Já no Brasil, com sua mãe estabelecida de fora de perigo, Lucy conversa com Marcos e ambos voltam a aproximar-se, mas algo acontece que deixa Marcos Furioso e acaba afastando os dois novamente. 


A leitura é rápida, até demais na minha opinião, isso faz com que o texto fique um pouco corrido, o que não me fez criar aquele vinculo intenso com os personagens, alguns momentos a  protagonista tinha comportamento infantil, nada irritante, apenas imaturo em algumas ocasiões, o mocinho não parece aqueles sedutores obsessivos e nem o casal faz a linha eu mando e você obedece. Não achei a trama chata, mas é clichê, não tenho problemas com esses livros pois me agradam. A trama também é gostosa e bem realista, temos uma história de amor contemporâneo entre dois jovens de uma maneira gostosa e rápida de ser lida, e sim, bem possível de acontecer na vida real. Gostei pois não foi uma história com melo dramas, tudo aconteceu de maneira sucinta e a autora não ficou enrolando nos capítulos para encher folha. Esse é o primeiro livro de Ana Lemos que li, também foi seu primeiro trabalho (livro escrito), esse livro pertence a uma trilogia, mas fiquem tranquilos, cada livro contará a história de um personagem, por tanto não terá sofrência de continuação de história. 

Eu deixo a indicação de Sempre Foi Você, para quem busca por romance contemporâneo, versátil, possível, com poucos dramas, e claro, sobre as cenas quentes do livro posso dizer que foram escritas de forma leve, não temos cenas hiper detalhadas e sim detalhes com bom gosto, informando o que deve ser informado, nada além. 








Essa é a segunda edição do livro com capa nova, publicado pela editora Pandorga em 2015. 

Sinopse: Quando a brasileira Lucy Somel passou a morar em Nova York ela tinha apenas uma meta: concluir a faculdade de Direito e trabalhar ao lado de sua grande amiga, Anna. O amor parecer não caber em seu projeto de vida, considerando os poucos, breves e decepcionantes relacionamentos.

No entanto, essa linda e inteligente mulher será surpreendida por uma “forcinha do destino” ao conhecer seu orientador para o trabalho de conclusão de curso. Marco Salvatore é uma lenda dos tribunais, talento que lhe garantiu a fama de ser um dos melhores advogados da cidade, porém, relacionamentos amorosos também não estão em seus planos.O desejo entre os dois é imediato, mas será o suficiente para fazer Marco mudar de ideia e iniciar um relacionamento duradouro? Ou fará Lucy acreditar que pode viver um grande amor?














Postagens Relacionadas

0 comentários

Obrigado por comentar no blog!
Volte sempre!

Facebook

Twitter

Twitter