Falando Sobre Livros

Consumismo Literário...?

sábado, agosto 23, 2014



Essa semana vi circulando pelo facebook um texto que falava sobre o exagero em compras dos leitores, que compram mais livros do que podem ler. Faz alguns dias que li, mas alguns trechos do texto ficaram no meu pensamento: o autor criticava esse “consumismo literário”, dizendo que esses compradores acham melhor ter o livro do que lê-lo em si e coisas do gênero. Porém, na minha visão, duvido muito que alguém que realmente não seja um apaixonado por livros vá gastar tanto dinheiro com isso! Sim realmente existe na atualidade um consumo muito maior nessa área e eu também acabo comprando mais livros do que consigo ler. Outro trecho do texto dizia que: as pessoas comprar até mesmo livros que já leram só porque querem ter na sua estante. Qual o mal nisso?! A maioria dos leitores quando se apaixona por livro o lê mais de uma vez, e mesmo se lê-lo apenas uma vez tem o direito de ter o livro para si se quiser!
Outro grande ponto que me chamou a atenção foi a crítica aos leitores que não gostam de emprestar seus livros, até aí tudo bem, mas o que é um livro? Um objeto, um objeto comprado que custou dinheiro, que veio da mesada, do presente ou do trabalho, então sim, só irei emprestar meus livros para quem eu sei que vai cuidar bem deles e me devolver depois. Aí fica a dúvida: querido autor ou autora você vai emprestar uma camiseta que adora e não se importar se a outra pessoa não devolver? Vai emprestar seu sapato mais bonito e não se importar de ele voltar estragado? Livros são objetos como qualquer um desses, sendo objetos meus quero que sejam bem cuidados e devolvidos sim!
Quanto a emprestar das bibliotecas, essa parte eu concordo, até porque por mais que economizemos nunca teremos dinheiro para todos os livros que queremos então eu tenho certeza que a maioria dos leitores também usa as bibliotecas. E retomando a compra de livros, lidos ou ainda não lidos, eu terei filhos uma dia, e netos e assim por diante, e esses livros que eu hoje compro ficaram para eles usufruírem também! E outra coisinha: Do que os escritores vão viver se as pessoas não comprarem livro? É consumismo sim, mas para mim é o melhor deles, afinal é consumismo de cultura e incentivo para os escritores. Se essas pessoas (e eu) não gastassem com livros, gastariam com outras coisas até mais supérfluas.
Pois é, eu prefiro exibir minha estante cheia de livro, com vários que não li do que um celular de mais de R$ 2.000,00 que semana que vem estará ultrapassado, ou um sapato de marca que mês que vem estará fora de moda. Livros nunca serão ultrapassados nem saem de moda.

Postagens Relacionadas

3 comentários

  1. Achei Perfeito!!!
    Sou consumista, compro sim mais do que posso ler rs
    Compro livros que já li, para ter na estante SIM, pq quero ler mais vezes, sentir o cheiro dele..
    E sobre emprestar, pois já emprestei livro que veio solto da capa (Aaa quis chorar)
    e emprestei livros que passaram meses.. Hoje não empresto..

    ResponderExcluir
  2. Falou tudo ;)

    Eu mesmo gosto da sensação de olhar para a estante e ver aquela coleção completa e muito gratificante, e uma sensação que só um leitor conhece.

    Eu to precisando ler esse livro urgente para poder ler Insurgente, depois que assisti ao filme já fiquei com a curiosidade de saber o que vai acontecer.

    http://perdidoemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A.M.E.I o que vc disse, e concordo PLENAMENTE com isso, do que os escritores e a editora vai viver se não formos nos a comprarem os livros. E se comprarmos mas do que possamos ler não é da conta de ninguém, não pedimos dinheiro a ninguém para adquirir nenhum livro, e sim de nos mesmo... Gostei do exemplo do celular....^.^

    Abçs :)

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar no blog!
Volte sempre!

Facebook

Google Plus

Novidades Por E-mail

Arquivo do blog