Antonie de Sanint - Exupéry

Resenha — Pequeno Príncipe.

sábado, outubro 01, 2016



O que é o Livro O Pequeno Príncipe:

“O Pequeno Príncipe" é uma obra literária do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, que conta a história da amizade entre um homem frustrado por ninguém compreender os seus desenhos, com um principezinho que habita um asteroide no espaço.
O título original é Le Petit Prince, publicado pela primeira vez em 1943 nos Estados Unidos.
Este livro é marcado pelo seu alto teor filosófico e poético, mesmo sendo considerado uma literatura para crianças.
"O Pequeno Príncipe" é o terceiro livro mais traduzido do mundo, contabilizando aproximadamente mais de 160 idiomas, e um dos mais vendidos por todo o planeta.
A parábola do "Pequeno Príncipe" debate, entre outras questões filosóficas, a perda da inocência e fantasia ao longo dos anos, conforme as pessoas vão crescendo e abandonando a infância.
Este livro ganhou diversas adaptações, seja no cinema ou em espetáculos teatrais e musicais.

Resumo do Livro O Pequeno Príncipe

O autor do livro é o personagem principal da história, que assume também o papel de narrador, contando sobre o fatídico dia em que seu avião teria caído no meio do deserto do Saara.
Lá, o personagem principal adormece e ao acordar se depara com o Pequeno Príncipe, que pede para que ele desenhasse um cordeiro numa folha de papel.
O protagonista é frustrado em relação aos seus desenhos, pois nunca ninguém conseguia interpretar as suas artes da forma correta.
Ao longo da história, o Pequeno Príncipe vai narrando as suas aventuras para o protagonista.
O jovem estaria a procura de um carneiro para comer as árvores que estariam crescendo em excesso em sua terra, um asteroide conhecido por B 612, que teria apenas uma rosa vermelha e três vulcões, sendo que um deles está inativo.
Ao ouvir as aventuras do Pequeno Príncipe, o protagonista vai percebendo como as pessoas deixam de dar valor as pequenas coisas da vida conforme vão crescendo.

Análise de Frases do Livro O Pequeno Príncipe

Frase 1
Esta obra literária aborda em várias partes o valor das coisas. Através desta afirmação da Raposa, podemos concluir que o verdadeiro valor de algo ou de alguém não pode ser visto com uma visão superficial. Para conhecer o que é essencial é preciso ver com o coração, ou seja, tirar tempo para conhecer, olhar sem preconceito e sem discriminar.

Frase 2
Esta frase descreve o laço afetivo existente entre o Pequeno Príncipe e a Rosa. Podemos concluir com esta frase que o que torna as coisas ou pessoas importantes é o tempo que nós investimos nelas. Quanto mais tempo, mais importante se torna nas nossas vidas.

Frase 3
Com esta declaração, a Raposa expressa o carinho que sente pelo Pequeno Príncipe. O mesmo acontece entre pessoas que gostam uma da outra, existe esse sentimento de antecipação quando se sabe que vai haver um encontro.

Frase 4
As duas estruturas mencionadas (muros e pontes) servem para designar atitudes no contexto da interação social. Os muros servem para criar uma separação entre dois lugares, enquanto as pontes têm a função oposta, ou seja, são construídas para conectar dois lugares. Assim, quem é solitário se afasta das outras pessoas, construindo muros e não pontes.

Frase 5
Esta frase revela o perigo e a insensatez de generalizar e julgar e avaliar uma pessoa por alguma coisa que aconteceu no passado. Isso também pode ser aplicado ao tópico da discriminação e preconceito racial. Só porque alguém foi magoado por uma pessoa de uma determinada classe, raça, gênero ou grupo social, não significa que todas as pessoas são iguais.

Frase 6
O fenômeno de “cativar” algo ou alguém é amplamente abordado neste livro. Esta frase explica que quando é formado um relacionamento (seja ele amoroso ou de amizade), as pessoas se cativam e ao cativar, são responsáveis por ela. Isso significa que o amor ou amizade requerem responsabilidade. O Pequeno Príncipe cativou a Rosa e por esse motivo era responsável por ela, dando resposta aos seus desejos e caprichos.

Continue lendo a matéria completa sobre o famoso Pequeno Príncipe no site original do artigo: Significados



Postagens Relacionadas

5 comentários

  1. Oi Vi! Achei a resenha super completinha e esse livro me fez muito bem, ele passa uma mensagem de amor e cuidado muito grande e os desenhos são muito delicados.

    Adorei seu blog, vi que tem várias de livros, vou conferir!

    Beijinhos!
    http://barbaradoblog.com/

    ResponderExcluir
  2. Ah, você comentou no insta que vai mudar coisinhas nele. Só pra falar que se precisar de alguma ajuda tô a disposição tá? Seu blog é um amor e seus posts são muito bem escritos, adorei!

    Beijos!
    http://barbaradoblog.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi meu amor, muito obrigada pelo carinho e por passar aqui na page, volte sempre!!

      Excluir
  3. Olá! Apesar de ser considerado literatura infatil esse livro traz muitos ensinamentos para adultos, jovens e crianças, apesar de ele ser tão famoso não faz muito tempo que o li por completo. A resenha ficou excelente, bem detalhada, adorei.

    https://blogpaginasembranco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luana. Realmente esse livro encanta gerações, um grande clássico que mantem a candura do inicio ao fim. Obrigada pela visita!! Beijo.

      Excluir

Obrigado por comentar no blog!
Volte sempre!

Facebook

Google Plus

Novidades Por E-mail

Arquivo do blog