Dica De Leitura

Resenha: Seres Amazônicos - Maurício Coelho

quarta-feira, fevereiro 03, 2016




Título: Seres Amazônicos
Autor: Maurício Coelho (organizador)
Número de Páginas: 119
Gênero: Contos/Lendas/literatura brasileira



Sinopse
                O coração de uma floresta guarda mistérios que nenhum ser humano é capaz de imaginar. Longe das luzes das cidades e dos barulhos dos carros, lendas das mais diversas matizes povoam o imaginário, divertindo e assustando os moradores desse mundo selvagem. Quais são os mistérios que cercam uma floresta intocada? Isso você descobrirá nas páginas da antologia Seres Amazônicos. Encontre nesta coletânea muitas lendas e autores talentosos.


Resenha
            Seres Amazônicos trata-se de uma coletânea de contos e lendas regionais, principalmente da região Amazônica(óbvio), mas você também encontra alguns contos que não se passam lá. Além das lendas tradicionais tão conhecidas e disseminadas no nosso país como Saci Pererê, Mula-sem-cabeça, Yara e Curupira, também vamos conhecendo lendas mais tradicionais da região em questão: Matinta Perera, Pirarucu, O Fogo de Angatu, O Boto-Cor-De-Rosa... A maneira como as lendas são contadas me lembra o tempo de criança quando à noite sentávamos em volta do fogão a lenha para ouvir minha avó e seu irmão contando os “causos antigos” deu até nostalgia e um pouco de tristeza por saber que alguns daqueles causos já foram enterrados.


            Através das lendas vamos sendo introduzidos em outro mundo, que na verdade é o nosso mundo, o nosso Brasil... No conto O Grito da Floresta: “Crescera assistindo aos filmes de ação norte-americanos e lendo autores de qualquer outro lugar, menos os daqui. Pouco sabia das histórias que passavam de avô para neto.” Podemos notar, na descrição da personagem, uma crítica às pessoas de hoje que se focam na cultura massificada que vem de fora e perde a vastidão da nossa cultura local, crítica que atingiu meu ego também, que desde criança fui deixando de lado as histórias dos “antigo” e me apegando demais ao estrangeiro... infelizmente!



            O mais incrível dos contos é que eles saem do banal que já conhecemos, “Iara, sereia, mãe-d’água”... mas e como ela surgiu? Só existe uma Iara? Ou Iara é apenas um nome para designar toda uma raça? Achei fantástico porque os autores nos trazem a origem das lendas e, claro, as lendas não são “bonitinhas” com os finais de histórias da Disney... são envolventes, surpreendentes e algumas vezes bem aterrorizantes... mas, acima de tudo, elas são justas!

            Além de tudo isso, somos presenteados com lindos cenários onde se passam os contos... e, claro, nem tudo é origem, nem tudo é passado, lendas também se renovam! Meus contos favoritos nesta coletânea foram: “Runolfo e o Encantamento da Cobra Ajuritana”; “O Coronel e o Lobisomem”; “Suindara” e “A Vingança da Sereia”... muito bom!!!

Aproveite essa leitura para conhecer mais da nossa cultura e aproveitar boas lendas. Boa Leitura...

Postagens Relacionadas

0 comentários

Obrigado por comentar no blog!
Volte sempre!

Facebook

Google Plus

Novidades Por E-mail

Arquivo do blog