Editora Tribo das Letras

[Resenha] Ainda bem que encontrei você - Tribo das Letras

domingo, fevereiro 28, 2016

Oi galerinha!!!

Já tem um tempinho que não apareço aqui né, as vezes parece quer a vida tá mais agoniada né, tudo acontece de uma vez e nada que você faz parece dar certo né? Então do final do Carnaval para cá já tivemos vários lançamentos, várias noticias literárias, algumas parcerias e hoje temos o Oscar, muito legal!!

De vem em quando a gente tem uma belas surpresas né, quando recebi a um tempinho atrás uma caixa com livros da nossa editora parceira Tribo das Letras, fui escolhendo pra ler primeiro os que já conhecia (que já tinha visto no site ou facebook da TDL), depois passei para os que gostei da arte da capa (sim, sou dessas que escolhe o livro pela capa) e aí ficou Ainda bem que encontrei você, que foi uma GRANDE grata surpresa, pela sinopse a gente já tem uma ideia do que esperar, mas nada me preparou...

Sinopse:

Marcelly Andrade tinha a vida que sempre sonhou. Após se formar na faculdade, conquistar seu amor de infância e virar sócia de um negócio em ascensão, pensou que seria feliz para sempre, no entanto uma curva traiçoeira mudou radicalmente seu percurso e um triste acidente levou seu porto seguro.

Após perder seu namorado se viu sozinha, perdida de si mesma e um diagnóstico torna seu sonho de ser mãe impossível. Acreditando não ser mais capaz de ser feliz se dedica apenas ao trabalho, porém, duas meninas perdidas no parque podem trazer consigo um novo destino para Marcelly.

De forma inesperada ela descobrirá que na vida podemos encontrar varias formas de amar e um romance avassalador a espera. Venha desvendar essa história de superação e amor.
  




Nota da Colunista:
Dica, separe um rolo de papel...

Marcelly tem uma vida que parece roteiro de romance juvenil, a vida vai bem, tudo no trilho, uma família boa e estruturada, boa aluna, ela se forma e começa a galgar o seu espaço, a sua escalada na carreira, rapidamente Marcelly vai ver seus sonhos profissionais se concretizarem, ela consegue virar sósia em um negócio em ascensão. Tudo se encaminha para a sua solidificação no mercado de trabalho.

Na vida pessoal não é diferente, Marcelly namora o seu melhor amigo e amor de infância, tudo caminhava bem a formatura, emprego dos sonhos, o amor da vida, o casamento eminente. Mas um acidente desmorona o castelo encantado. Marcelly perde o amor da sua vida, seu chão e alegria.

Nota da Colunista:
Nessa hora eu já estava me desmanchando, e me pondo no lugar de Marcelly, nossa, parece que quando perdemos um ente querido, alguém muito próximo, nos falta o chão né, e a autora Nathália nos coloca bem dentro desse momento, de forma dolorosa e latente. 

Daí pra frente e derrocada, Marcelly liga o módulo automático, mergulha no trabalho e na autopiedade, e como desgraça parece que chama mais desgraça, depois de tudo que vinha passando ela recebe uma diagnóstico que a impossibilita de realizar uma grande sonho, o de ser mãe...

Nota da Colunista:
Nessa hora me senti no filme Desventuras em Série, o que faltava mais? Nessa parte do livro nossa protagonista estava só o caco e com toda razão e eu já estava me desmanchado em lágrimas.

Mas é como minha mãe diz: nada como o dia depois de amanhã, e quando nossa protagonista acha que esta tudo perdido, eis que surge duas lindas meninas na vida de Marcelly, e ela vai descobrir que há várias formas de amar e vários níveis e que as pessoas que se foram continuam vivendo de outra forma... dentro de nós. É como diz minha diva master "Mas lembrar-se com saudade é como se despedir de novo."
E Marcelly descobre que há como amar e viver (e conviver) com a dor...
Com um livro lindo e tocante, Nathália nos conduz numa estória de superação, amor e se redescobrir e se reinventar. 

Onde Comprar:

Page da Tribo das Letras:

Postagens Relacionadas

1 comentários

  1. Oi querida,
    Tudo bom?Não conhecia o livro nem a história, mas achei a história linda e emocionante se der quero ler também.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/2016/03/a-chave-dos-mundos-torre-de-phart-halor.html

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar no blog!
Volte sempre!

Facebook

Twitter

Twitter