Resenha Nacional

Resenha: O Amor não tem leis — O julgamento final - Camila Moreira

sexta-feira, dezembro 11, 2015

 Título: O Amor não tem leis — O julgamento final
Autor: Camila Moreira
Editora: Suma de Letras
Edição: 
Ano: 2014
Idioma: Português
Páginas: 263
Classificação: 3/5 ♥
Sinopse: O destino mais uma vez afasta Maria Clara de seu grande amor.
Um trágico acontecimento obriga a jovem a abandonar Alexandre Ferraz no momento em que ele mais precisa dela. Sentindo-se culpada pelo acidente que pode ter tirado a vida de Diego, irmão de Alexandre, Maria Clara não vê outra alternativa a não ser fugir e buscar consolo nos braços de Derek Mayer, o ex-namorado.
Desesperado, Ferraz não consegue entender como ela teve coragem de desaparecer. Com a tragédia que atingiu o irmão, ele descobrirá que o que sente por sua menina é mais forte do que imaginava.
Em O amor não tem leis: O julgamento final, o dr. Alexandre Ferraz tem em mãos o caso mais difícil de sua vida: conquistar o amor de uma mulher determinada a não amar.





Resenha


Nessa continuação da história de Alexandre e Maria Clara, acompanhamos o desfecho deixado em O Amor não tem leis, primeiro volume dessa duologia.

Maria Clara e Diego, irmão de Ferraz, sofrem um grave acidente de carro, Diego entra em coma e passa vários dias assim, já Clara se recupera imediatamente, bem, não tão imediatamente, assim que recebe alta do hospital a moça decide deixar Alexandre de vez, o abandona para sempre no mesmo hospital onde nesse momento encontra-se Diego. A decisão pode parecer fria e cruel para muitos, mais para Clara é uma tentativa de fuga, ela não teria forças para reviver tudo isso novamente.


Alexandre obviamente fica muito irritado e decide segui-lá para tomar satisfação, isso é o que diz nosso imponente advogado, mais por dentro ele está desesperado com a decisão de sua amada, não pode perder a mulher de sua vida.

Com todos os problemas e o mundo parecendo desmoronar em sua cabeça o que ele menos imaginava era que poderia piorar, de repente a visão surge e ela não é nada agradável. Claro o deixou por Derek? — Não, definitivamente estava alucinando, essa bandida não poderia estar fazendo isso com ele justo nesse momento. Clara deixa Ferraz no hospital e vai para casa com seu antigo namorado, coisa que Alexandre jamais perdoará.

Assim começam as primeiras páginas dessa emocionante continuação.

Na trama conhecemos um lado diferente dos personagens que foram apresentados no primeiro livro, aqui acompanhamos as superações de nossa protagonista Clara, ela por fim decide enfrentar o seu maior trauma, o falecimento do primeiro noivo, isso por anos trouxe muito sofrimento para ela mas agora chegou a hora de enfrentar de vez o problema, enterrar o passado e enfrentar de vez a dor e o vazio deixados por esse momento triste.

Maria Clara não virou a vilã que muitos possam acreditar, Derek ainda estará muito presente na história e, de ante mão adianto que conquistará muitos corações de leitoras apaixonadas.


Clara também vem determinada a conquistar o perdão e o amor de Alexandre, ela tenta se explicar ao amado e acompanhamos muitas outras características de sua personalidade. Ambos ainda notam o amor que sentem um pelo outro, mas por vezes a unica pergunta que ficará no ar é: O Amor será capaz de aplacar o orgulho?

Aqui também descobriremos quem vem ameaçando a família Ferraz através de cartas anônimas, e a descoberta será bem inusitada, podem acreditar.

Os personagens secundários estarão presente de forma ativa por aqui, eles serão os responsáveis pela parte engraçada da história, com personalidade forte e um jeito irônico conseguem trazer com exatidão o toque de zombaria necessária.

Agora vamos para hora da verdade, o que eu achei: Eu gosto muito das história da Camila Moreira, gosto dos personagens e sempre me divirto com as tiradas de humor nas tramas, já li todos os livros dela que foram lançados e gostei de todos, apenas esse que tenho algumas ressalvas.


Aqui o que mais me irritou foram justamente os mocinhos, ainda são fofos e tudo mais que disse na primeira resenha, mas sinceramente achei eles muito infantis em alguns momentos, principalmente o Alexandre. Uma hora se reconciliavam e em outra estavam brigados pelo mesmo motivo que já haviam discutido e resolvido, sinceramente ele me irritou muitas vezes, minha vontade era entrar no livro e acertá-lo. E seu comportamento bebezão não parou apenas nesses pequenos detalhes, Maria Clara precisou suar muito a camisa e engolir muito sapo, sem contar o orgulho para tentar convencer o cabeça dura de que ele estava sendo incoerente.


Agora Maria Clara, aí dona M.C, gente o que essa mulher chorou não está na história, sinceramente acho que desidratou de tanto chorar, isso foi justamente o ponto para mim, não foi fácil ver a minha mocinha audaciosa chorar tanto, as vezes parecia aquelas mocinhas sofredoras de novela mexicana. Para a minha alegria apesar de todos esses momentos depressão, a autora não tirou dela a essência da ousadia, eu amava quando a Clara do primeiro livro entrava na trama com seus palavrões e seus dane-se Ferraz, você vai me pagar. Sim senhoras e senhores, nossa mocinha não tem sangue de barata e as vezes descia do salto e mandava Ferraz ir caçar sapos. Isso para mim foi ÓTIMO, porque realmente esse homem fez um papelão gente. Eu ficaria muito decepcionada se Clara virasse submissa como tantas mocinhas por aí, isso simplesmente não combina com ela.


A trama é muito gostosa de ser lida, mas ainda acho que todo desfecho poderia ser concluído em um único livro, ainda assim gostei da história.


Leia a resenha completa de O Amor não tem Leis clicando aqui. 
Leia a resenha completa de 8 Segundo (amei), clicando aqui. 














Postagens Relacionadas

1 comentários

  1. Esse livro é muito bom, Amei.
    Li os 2 no inicio do ano e simplesmente amei.
    Concordo com vc quando diz que Alexandre foi um babaca mas mesmo assim o livro é bom. Agora quero ler 8 segundos.

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar no blog!
Volte sempre!

Facebook

Twitter

Twitter