Editora Tribo das Letras

[Resenha] Nostalgia não está apenas em VHS - Tribo das Letras

domingo, novembro 22, 2015

Hi gente!!!

Vamos falar de Nostalgia hoje? Ainda não é sobre o livro rsrsrsrs... quem aqui não é nostálgicos? Quem aqui não lembra de um cheiro, um sabor, uma comida, um passeio, uma música ou livro? Eu mesma tenho muita nostalgia das comidas da minha avó, de algumas músicas, livros ou filmes. E vocês lembraram de algo nostálgico? Tenho certeza que sim. Isso acontece porque nossa vida é feita de momentos e esses momentos, os bons momentos nos trazem recordações e vez ou outra usamos essa tal nostalgia para revisitar esses momentos importantes pra nós. 
O jovem escritor Gianluca Segregio vem com um livro delicado e bem pontual que fala disso, o próprio título do livro denuncia isso, e ele nos lança uma pergunta retórica no título Nostalgia não está apenas em VHS, será? Acho que não, já até enumerei acima algumas coisas que trazem nostalgia, o livro Nostalgia da nosso parceira Tribo das Letras fala sobre isso, de memórias, de lembranças, de nostalgia...

Livro: Nostalgia - Não Está Apenas em VHS

Autor: Gianluca Segregio
Gênero: Romance / Drama
Editora: Tribo das Letras 
Ano: 2015
Páginas: 241

Sinopse:

Ela ainda pensa porque ele partiu tão cedo. Mas quem seria ele? Com fracas memórias de seu passado, Lana Mary Jones é uma garota de quinze anos que acredita ser filha única. No entanto, após ouvir uma conversa de sua mãe com a avó, ela descobre que pode ter um irmão. E esse é apenas o começo dos mistérios que a envolvem.
Em um encontro inesperado, ela acaba por conhecer um garoto chamado Matthew Foster Miller que desenha borboletas e atribui a elas sentimentos. Vivenciando experiências novas ao seu lado, ambos descobrem gradativamente o que é o amor. Contudo, o passado de seus familiares guarda segredos capazes de fazer com que o novo casal pague pelo preço dos erros de pessoas que pareciam amá-los completamente.
Lana descobrirá se por amor vale enfrentar qualquer obstáculo. Porém, como acreditar em imagens refletidas em um visor que supostamente revelam todo o seu passado, se elas fossem entregues por um homem que a abandonou na hora que ela mais precisou?
O livro é classificado como um drama/romance que fala sobre o que o título propõe, na obra temos a estória de Lana Mary Jones que mora na cidade de São Pedro, ela é uma menina doce e sonhadora, tem 15 anos e vive atormentada por incertezas, depois de ouvir uma conversa entre sua mãe e sua avó ela descobre a existência de um irmão que ela nem imaginava já que cresceu e foi criada como filha única.

Nota da colunista:
Esse assunto de esconder parentes nunca da certo, principalmente pai ou mãe, é comum o filho(a) por exemplo se revoltar ao saber a verdade.


O livro é cheio de mistérios, mentiras e desventuras, após algum tempo Lana conhece Matthew um jovem de 17 anos e passam a viver um amor rápido e inexplicável, mas como nem tudo são flores, depois de uma reunião entre as duas famílias, de Lana e Matthew, segredos do passados são trazidos ao presente e obrigam o casal a se separar.

Nota da colunista:
Nesse momento momento eu já estava querendo esganar alguém, dá pra não ser tão ruim e não pensar só em si? As vezes tem "pequenas" verdades que ferem mais do que muitas mentiras. 

Nesse pedaço do livro, a estória ganha outra "pegada" e passa e se desenvolver de forma mais rápida e nós conduz a vários questionamentos e uma só palavra: AMOR
O amor consegue vencer tudo?
O amor perdoa tudo?
Por amor, podemos justificar atitudes tomadas?
Um amor do presente pode compensar a falta de amor no passado?
O amor compensa o tempo perdido?

Passado esse drama, a separação, o livro nos transporta para 6 anos, depois, quando Lana leva uma vida insossa, virou fumante (escolha da mãe que ela sempre questionou), e leva (quando eu digo leva, é leva mesmo) uma vida sem grandes acontecimentos, e ao mesmo tempo sem esquecer seu grande amor: Matthew. Depois de uma festa onde bebe todas (e mais algumas), mesmo embragada resolve ajudar um jovem que passa mal na festa e leva-o ao hospital, ela confundo esse jovem com seu grande amor, sai em disparada, ainda embragada e desnorteada do hospital questionando a sua sanidade, e novamente a vida lhe prega outra peça...

Com uma estória tocando o livro Nostalgia nos conduz a varias emoções e sentimentos, e se você esta a procura de um drama bem legal, daqueles que você lê rapidinho, a procura acabou!!!

Book Trailer do livro:


Onde comprar:

Conheça outros livros da Editora Tribo das Letras:


Postagens Relacionadas

0 comentários

Obrigado por comentar no blog!
Volte sempre!

Facebook

Google Plus

Novidades Por E-mail

Arquivo do blog