Resenhas

Resenha - Bem Casados - Nora Roberts - Editora Arqueiro

quinta-feira, setembro 25, 2014






SINOPSE


A chef confeiteira Laurel McBane precisou batalhar muito para realizar sua maior aspiração profissional - ser uma doceira premiada. Agora seus bolos de casamento são a própria perfeição obras de arte surpreendentes que complementam as belas fotografias de Mac e os arranjos de flores de Emma.
Após ter conseguido superar um histórico familiar complicado, ela tem o cuidado de não deixar que nada fique no caminho de seu trabalho. Por isso se irrita tanto quando Del, o irmão de Parker, tenta opinar em seus assuntos. Como cultiva um amor secreto por ele há muito tempo, Laurel acha ainda mais difícil aceitar que Del a trate apenas como uma amiga.
Mas certa noite uma discussão acalorada e um beijo ardente mudam tudo. Laurel constata que a realidade é ainda melhor que seus sonhos e Del percebe a mulher incrível que sua visão de irmão mais velho não o deixava enxergar.

Quando a amizade se transforma em algo mais, os dois precisam ter muito cuidado para não estragar o que tinham antes e, ao mesmo tempo, aproveitar a oportunidade que lhes foi dada: ser os protagonistas de uma grande história de amor.



Resenha 


O terceiro volume da série Quarteto de Noivas segue a fórmula dos anteriores e chega tirando suspiros dos românticos.
Desta vez acompanhamos a história de Laurel, a responsável pelos doces e bolos da Votos, empresa de casamento que ela tem com as amigas de infância Parker, Mac e Emma.
Laurel sempre foi apaixonada por Delaney Brown, o irmão de Parker. Quando os pais dele morreram, Del assumiu a responsabilidade pela irmã e consequentemente se sentiu responsável também pelas três amigas inseparáveis de Parker. Esta super proteção incomoda Laurel que gostaria de ser vista por Del como mulher e não como irmã. Mas para o bem da "família" toda, ela tenta superar seus sentimentos até que um beijo inesperado vira o mundo deles de cabeça para baixo! 

"Talvez fosse o champanhe. Talvez fosse apenas loucura. Ou o olhar perplexo e irritado no rosto dele. Mas Laurel seguiu o impulso latente nela há anos. Agarrou-o pelo nó perfeito da elegante gravata e o puxou para baixo enquanto lhe segurava os cabelos e o trazia para a frente. Em seguida, colou a boca à dele em um beijo ardente e frustrado que fez seu coração saltar no peito enquanto sua mente sussurrava: eu sabia!"

Os dois vão descobrindo ou redescobrindo seus sentimentos, mas vivem o mesmo dilema de Emma e Jack, o medo de estragar uma amizade linda e antiga.
Além disso, Laurel se sente inferiorizada perante a riqueza e o poder da família Brown. Como se não fosse possível que alguém como ele pudesse realmente se apaixonar por ela. Comentários maldosos só aumentam a insegurança de Laurel que espera que Del finalmente declare estar apaixonado e a peça em casamento. 

Enquanto o casal vai se encontrando, vivendo momentos ardentes e outros de fúria, vamos acompanhando o clima gostoso que reina na mansão dos Brown, sede da votos. Os casais formados nos dois livros iniciais, Mac-Carter e Emma-Jack estão nos preparativos de seus casamentos, felizes e apaixonados. Todos vivem uma amizade gostosa, uma cumplicidade entre os rapazes que assumiram novas posições na família (e estão sempre prontos a ajudar nas festas e imprevistos) e se sentem ainda mais animados com o novo romance entre os amigos.

Uma personagem que tem um destaque maior nesse livro é a Sra. Grady, ou Sra. G. A cozinheira da mansão desde que os Brown eram crianças e que os viu crescer ao lado das três amigas. Ela teve um papel importante na formação de Laurel que até então não tinhamos conhecimento. Pode-se dizer que a participação dela no passado de Laurel foi fundamental para a profissional que ela se tornou.

Nesse livro também tem uma participação mais efetiva de Malcom Kavanaugh, o mecânico e amigo de Del e Jack que parece sempre cruzar o caminho de Parker. Sua presença mexe com ela de um jeito que ela não se sente a vontade. Mas esta é história para o próximo livro...

Para quem está acompanhando a série, Bem-casados é leitura obrigatória. Quem ainda não se entregou ao romance desse quarteto, arrisque-se. É uma leitura gostosa, daquelas que só nos trazem bons sentimentos de amizade, de companheirismo, de cumplicidade e amor. Vale cada página virada.






Agora é esperar o lançamento de Felizes para sempre, previsto para novembro, com mais uma bela e singela capa. 








Conheça os dois primeiros livros da série Quarteto de noivas:









Resenha Cedida Em  Parceria Com o Blog Estante Da Ana 



Postagens Relacionadas

0 comentários

Obrigado por comentar no blog!
Volte sempre!

Facebook

Twitter

Twitter