Falando Sobre Livros

Entre comparações um sempre é melhor que o outro.

quarta-feira, julho 09, 2014




Meu objetivo não é fazer uma resenha sobre os livros, mas sim um comentário, defendendo minha posição como leitora. Os livros em questão são duas obras super conhecidas e comentadas da autora J. A. Redmerski. Com certeza já sabem do que estou falando!
Ano passado li o livro “Entre o Agora e o Sempre”, simplesmente adorei, e passei ele adiante para minhas amigas e colegas, que igualmente adoraram. Era um livro emocionante de ler e bem construído, que fascinava, o desenvolvimento erótico do romance mexia com a imaginação. A relação entre Camryn e Andrew, a maneira como eles se conhecem e continuam a viajar juntos, sem compromisso e sem receios, tudo envolvia o leitor. Assim que soube que autora faria uma continuação fiquei muito empolgada, esse foi um dos lançamentos que mais esperei esse ano e certamente o mais esperado de muitas outras leitoras. A expectativa de ler mais sobre Cam e Andrew, de ler uma história envolvente, que nos prende. Isso era o que todos esperavam com uma continuação...
Porém, antes mesmo de ler vi circulando pela rede comentários negativos sobre a continuação, porém os ignorei (pois evito a todo custo ler opiniões antes de ler a obra, para não influenciar na minha leitura), até porque muitas vezes se trata de uma questão de gosto literário ou temático, e sempre acontece de alguém não gostar de algo que eu, particularmente, amei. Mantive minhas expectativas com a obra, e quando comecei a ler fui com calma e atenção, afinal o inicio dos livros costumam serem mais arrastados, mas esse “arrastamento” se manteve durante toda a leitura! “Entre o Agora e o Sempre” perdeu as suas características marcantes, não por falar de um tema mais pesado como o aborto espontâneo/natural, mas por não desenvolver realmente esse tema, e os personagens, Andrew deixou de ser aquele cara que todas almejam e se torna apenas um apaixonado incondicional, perdendo seu ar misterioso e envolvente. O desenrolar do romance perdeu a “pegada” erótica que tinha no primeiro livro, da mesma forma que Cam e Andrew.
Vi comentários (não verifiquei se são verídicos) em páginas voltadas à literatura, que a autora resolveu fazer uma continuação do primeiro livro por aclamação dos fãs e devido ao sucesso da primeira obra, levantando a HIPÓTESE de que esse tenha sido o motivo de fazer uma continuação, em MINHA opinião foi um erro, pois a segunda obra acaba dissolvendo a visão que temos do primeiro livro (que é ótimo). Me decepcionei com o segundo livro, talvez por ter criado expectativas de mais tendo como base o primeiro, ou talvez simplesmente pelo livro ter perdido as características que eu tinha gostado no primeiro. Enfim, infelizmente nem todos os comentários são infundados.



Postagens Relacionadas

0 comentários

Obrigado por comentar no blog!
Volte sempre!

Facebook

Twitter

Twitter